Resumo sobre a Independência dos Estados Unidos da América

O sistema de comando conhecido como monarquia absolutista começou a apresentar falência no século 18. Filósofos, ativistas políticos e artistas começavam a combater teorias divinas, que sustentavam o poder dos reis e rainhas. A ascensão da burguesia desenvolveu outro estilo social, no qual os novos detentores do capital queriam acesso ao poder e comando de governo econômico.

No território das Treze Colônias inglesas, terras que pertenciam à Inglaterra, houve a primeira manifestação contra a monarquia e a favor da burguesia. Nessas colônias houve uma mudança no estilo de vida político, social e intelectual.

O comportamento da Inglaterra diante de seus colonos ficou sendo chamado de negligência salutar. Tratava-se de certa liberdade que permitiu àquela sociedade certo estilo de autonomia.

A economia do sul era baseada nas plantações para exportação e promovida com trabalho escravo. O norte era fomentado economicamente por pequenas fazendas e atividades comerciais.

As Treze Colônias britânicas rumaram para o próprio desenvolvimento e liberdade devido ao grande envolvimento da Inglaterra nas guerras do século 18. Depois de investir toda a reserva financeira em combate, a Inglaterra quis recuperar os recursos explorando ainda mais a colônia.

História da Independência dos Estados Unidos

Independência dos Estados Unidos

Nesse sentido foi decretada em 1764, a Lei do Açúcar, que impunha taxa sob carregamentos de açúcar que não estivessem no domínio das colônias britânicas. Os colonos perceberam que a autonomia econômica estava em risco.

Em 1765, foi decretada a Lei do Selo, que ordenava a compra de um selo para ser anexado em todos os documentos que tramitassem na colônia. A Lei do Chá foi colocada em prática em 1773, e limitava o consumo de chá somente dos navios da Inglaterra.

Dessa forma houve manifestação social contra as exigências e apertos promovidos pela metrópole. As teorias contra a monarquia, promovidas por John Locke e Thomas Paine, serviram de base para os fundamentos opositores.

A revolta com a Lei do Chá, conhecida como Boston Tea Party, aconteceu em dezembro de 1773. Em contrapartida, para medir poder a Inglaterra lacrou o porto de Boston e impôs as Leis Intoleráveis.

Em 1774, os colonos organizaram o Primeiro Congresso da Filadélfia. Do encontro, foi feito um manifesto escrito contra as imposições da Inglaterra.

Em 1776, o segundo congresso determinou que o caminho era declarar independência da Inglaterra. Houve então a Guerra da Independência das Treze colônias.

Os colonos foram apoiados pela França, isso possibilitou a vitória e o processo de independência dos Estados Unidos foi aceito em 1783.

A primeira Constituição dos Estados Unidos foi feita em 1787.