Anorgasmia – Sexualidade

Você já ouviu falar em Anorgasmia? Ou em transtorno do orgasmo feminino? Pois e esse fenômeno pode ser definido como um atraso ou ausência persistente recorrente do orgasmo feminino, caracterizado pela ausência ou retardo apos um período de excitação sexual adequada. Mas popularmente falando e a falta do orgasmo durante o ato sexual.

Mas esse fenômeno não deve ser considerado como uma doença física, mulheres que conseguem atingir o orgasmo com a auto manipularão não sofrem necessariamente deste problema.

E sabido que a frequência deste fenômeno entre as mulheres e muito alta, cerca de 50% a 70% das mulheres, segundo pesquisas realizadas. Algumas mulheres negam a anorgasmia, como uma maneira de defesa, mas essa atitude deve ser repensada. Além disso o transtorno pode gerar consequências negativas como; aversão sexual, lubrificação inadequada, e dor nas relações sexuais.

A mulher ao identificar a falta de orgasmo durante o ato sexual, deve procurar um medico para investigar sua origem. Persistindo os sintomas deve ser iniciado o tratamento adequado, no qual visa”

Eliminar as atitudes negativas e prejudiciais em torno da sexualidade em geral e sobre o orgasmo em particular;

Melhorar a relação através da comunicação entre os parceiros;

Programa de habilidades sexuais, que consiste em uma serie de exercícios específicos para a função.

Ainda segundo a anorgasmia e o tratamento  baseado na fisioterapia ginecológica que trata a anorgasmia com um trabalho de fortalecimento do assoalho pélvico e ajuda a mulher na busca do autoconhecimento do corpo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *