Bissexualismo – Sexualidade

Para entendimento do termo bissexualismo torna-se necessário o conhecimento de duas palavras: a sexualidade e a orientação sexual. A primeira diz respeito ao conjunto de elementos que compõem a vida sexual de um indivíduo. A segunda é a preferência sexual desse indivíduo. Dessa maneira, a bissexualidade pode ser definida como a orientação sexual de homens e mulheres para ambos os sexos.

Todos indivíduos nascem com sexualidade, independente se praticam ou não sexo e, no período da adolescência é que o interesse por sexo é despertado e seus olhares voltam-se para o sexo que lhes despertam maiores interesses.

A orientação sexual da maioria das pessoas é heterossexual (interessam-se pelo sexo oposto), por isso convencionou-se chamar de “comportamento normal”.

As pessoas que não seguem esse “padrão”, chamadas de homossexual (interessam-se pelo mesmo sexo), ou bissexual (interessam-se pelo mesmo sexo, quanto pelo sexo oposto) acabam sofrendo preconceitos da sociedade, sendo apontadas como anormais, doentes, pervertidas, entre outras.

Estudos apontam que as pessoas que tem orientação bissexual, chegam a sofrer até mais preconceito que o homossexual, pois são discriminados tanto por heterossexuais quanto homossexuais, uma vez que os homossexuais, apesar dos preconceitos e anos de luta, tem conquistado seu espaço na sociedade, inclusive na mídia e os heterossexuais assumem sem problemas sua orientação.

Diante do pouco debate realizado em torno deles, surgem muitas histórias em relação ao público bissexual, como: são difusores de doenças e que há milhares de bissexuais não assumidos que mantêm relacionamentos estáveis visando o aceite da sociedade.

Embora haja muitas especulações, cientistas sociais que estudam o assunto no Brasil, estimam que não chegue a 2% da população.

Uma das grandes questões em torno das pessoas que assumem sua bissexualidade, está o fato de serem parceiros ativos ou passivos. Não há uma regra e não há uma receita de como fazer sexo, além de cada um ter suas preferências. Isso é válido tanto para heterossexuais, homossexuais e bissexuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up