Você por acaso saberia dizer todas as divisões da gramatica? Imaginamos que não mas e ate comum pois a maioria das palavras que usamos no dia a dia realmente não saberíamos emprega-las em suas divisões gramaticais corretamente.

Contudo, normalmente não nos interessamos em saber se este ou aquele conteúdo com o qual estabelecemos familiaridade pertence a esta ou aquela gramatica. Vejamos algumas delas:

Fonologia

Essa e a parte que representa o objetivo de estudar os menores elementos distintos, ora denominados de fonemas, que diferenciam o significado das palavras, bem como as silabas que esses fonemas formam. Integrando a referida parte estão a ortopedia, a qual representa o estudo da articulação e pronuncia dos vocábulos, a prosódia, que se incumbe do estudo da acentuação tônica desses e a ortografia, que se preocupa com a forma pela qual as palavras grafadas. Destacamos também os estudos das vogais, semivogais, consoantes, dígrafos, encontros vocálicos, encontros consonantais, classificação das silabas quanto à tonicidade e ao numero apresentado mediante a divisão silábica.

Morfologia

Essa por sua vez tem como finalidade  estudar a estrutura, a formação e os mecanismos de flexão das palavras. De acordo com tal intenção, podemos dizer que as classes gramaticais representam o alvo principal, ou seja, o estudo substantivos, adjetivos, advérbios, pronomes, conjunções, interjeições, verbos, artigos, numerais e preposições.

Sintaxe

A sintaxe compreende o estudo das relações que se estabelecem entre os termos da oração. Para tanto, divide-se em sintaxe das funções, a qual estuda a estrutura da oração e do repertorio, e sintaxe das relações, priorizando a regência, a colocação pronominal e a concordância. Representam objeto de estudo os termos essenciais da oração (sujeito e predicado), termos integrantes (complementos verbais, complemento nominal, agente da passiva) e os termos acessórios (adjunto adnominal, adverbial, aposto e vocativo).