DOENÇAS

A Peste Negra

Quando e onde surgiu a Peste Negra Essa foi uma grave doença que devastou parte do mundo ocidental no século 14. A epidemia chamada de peste negra apareceu, em princípio, na Península Itálica, em 1348. A doença é de origem da Mongólia, onde pulgas hospedeiras da bactéria Yersinia pestis infectaram redores. Esses animais teriam disseminado …

A Peste Negra Leia mais »

Carcinoma basocelular

É a lesão maligna de pele mais frequente. Representa cerca de 70% de todos os tipos de lesões de pele, de acordo com estudos. É muito comum em pessoas após os 40 anos de idade com pele clara. Causa Sua causa relaciona-se a exposição ao solar, principalmente a radiação ultravioleta. Outros fatores são: irradiações radioterápicas …

Carcinoma basocelular Leia mais »

Cirrose

A cirrose é uma doença associada ao consumo desmedido de álcool e a algumas doenças. É a formação de nódulos e de fibrose no fígado. As células do fígado são destruídas e o órgão tem suas funções comprometidas ou mesmo paralisadas. Fatores de risco Os principais fatores de risco são: consumo de álcool em excesso, …

Cirrose Leia mais »

Melanoma

O melanoma é um tipo de câncer que surge a partir dos melanócitos, células responsáveis pela fabricação da melanina, substância que confere cor à pele. Pode originar-se na pele sadia ou a partir de lesões pigmentadas preexistentes, provocando alterações no seu tamanho, cor ou textura. Esse tipo de câncer tem um grande potencial em produzir metástases, enviando células tumorais …

Melanoma Leia mais »

Mieloma múltiplo

O mieloma múltiplo é um câncer das células plasmáticas da medula óssea. As células plasmáticas são responsáveis por ajudar o corpo a combater infecções, produzindo proteínas chamadas anticorpos. No mieloma múltiplo, as células plasmáticas crescem descontroladamente na medula óssea e formam tumores nas áreas de osso sólido. O crescimento desses tumores dificultam a produção de hemácias saudáveis …

Mieloma múltiplo Leia mais »

Linfoma de não-Hodgkin

Linfoma não-Hodgkin é um tipo de câncer linfático. Tem cerca de 80% de cura, principalmente se descoberto em sua fase inicial. Existem mais de 40 tipos de linfoma não-Hodgkin e são classificados de acordo com as células que afetam: B ou T. Também considera-se o tamanho do tumor, forma e apresentação ao microscópio. Tratamento O tratamento …

Linfoma de não-Hodgkin Leia mais »

Linfoma de Hodgkin

O linfoma de Hodgkin é um câncer no sangue. Quando descoberto precocemente e devidamente tratado tem chances de cura. Sintomas Os principais sintomas são: língua inchada no pescoço, região da clavícula, axila ou virilha, sem dor ou causa aparente; pode haver febre;pode haver suor noturno;pode haver perda de peso;pode haver coceira intensa por todo o …

Linfoma de Hodgkin Leia mais »

Câncer oral

O câncer oral acomete a porção da garganta para frente, ou seja, toda a parte visível da boca até os lábios. O local mais comum é o assoalho da boca, embaixo da língua, a porção lateral da língua e o palato mole. É facilmente visível a olho nu, tanto pelo paciente quanto por dentista ou …

Câncer oral Leia mais »

Câncer metastático do pulmão

O câncer de pulmão é um tumor caracterizado pela quebra dos mecanismos de defesa naturais do pulmão, a partir de estímulos carcinogênicos ao longo dos anos, levando ao crescimento desorganizado de células malignas. Pode atacar desde a traqueia até a periferia do pulmão. Considerada uma das principais causas de morte entre as neoplasias no Brasil, …

Câncer metastático do pulmão Leia mais »

Câncer Endometrial

O câncer endometrial ou do endométrio, é o câncer de corpo uterino mais frequente. Sua incidência é crescente nas últimas duas décadas e ocupa o quarto lugar das neoplasias malignas da população feminina, sendo o segundo tumor pélvico mais frequente entre as brasileiras. Prevenção A prevenção desse tipo de tumor inclui: o combate à obesidade, …

Câncer Endometrial Leia mais »