Preconceito Racial no Brasil e no Mundo, Racismo institucional e crime

A questão do preconceito racial no Brasil é muito falada mesmo nos dias de hoje a onde se esperava o mínimo de respeito, visto que a população negra é de mais de 53% dos habitantes do Brasil.

Para tentar entender melhor o porquê desse preconceito, nós temos que voltar no tempo, até a época do descobrimento quando os escravos foram trazidos para o Brasil por Portugal.

Como sabemos, antes do descobrimento do Brasil por Portugal, o Brasil era habitado por índios, isso dá a certeza que o preconceito foi trazido para o Brasil em forma de cultura pelos portugueses.

Logo após o descobrimento, muitos escravos vindos da África foram trazidos para o Brasil para ajudar na colonização do país e desde lá eles eram inferiorizados, tratados até pior que muitos animais e isso foi se estendendo por muitos e muitos anos, fazendo com que as novas gerações também vivessem nesse mundo de escravidão e levando consigo tudo aquilo que eles viam e isso era passado para as suas gerações.

Racismo no Brasil

Com tudo isso, o Brasil foi o último país a abolir a escravidão em 1888 com a lei Áurea e desde então foi extinguida a escravidão no Brasil, mas não a inferiorização dos negros perante os brancos, isso por conta da cultura de anos e anos de regime escravocrata da época.

Mas o tempo se passo e ainda hoje existe sim o preconceito, muito menor do que no início de 1900, mas ainda existe, mas tudo por conta dessa cultura ultrapassada de inferiorizar uma pessoa por conta de sua cor.

Fora o racismo contra os negros, existe também contra os indígenas, logo eles os verdadeiros donos dessa terra.

O preconceito é cultural, mas é uma parte muito ruim da nossa cultura a onde deve ser mudada o quanto antes, muitos já mudaram, mas precisamos das mudanças de mais pessoas.

O preconceito não é só de brancos para os negros, existem também o preconceito dos negros para os brancos e preconceito seja de onde ele vem é errado, precisamos dar o exemplo da mudança em casa, estamos no caminho da mudança e precisamos cada um fazer a sua parte para termos um futuro melhor.

Crime de preconceito racial

O preconceito racial é considerado crime desde 1989 quando foi criada uma lei especifica para isso, tornando todo ato de preconceito racial um crime previsto por lei, a lei é a 7.716, essa legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

O crime de preconceito racial é um crime inafiançável e imprescritível, ou seja, se você cometer esse crime, não vai ser estipulado um valor para que você possa sair da cadeia e nem mesmo depois de muitos anos você não irá escapar de ser preso caso se comprove o crime.

Muitas pessoas em nosso país e até mesmo fora dele existe esse tipo de preconceito, em nosso país a perseguição fica por conta da cor da pele e no mundo a maior perseguição fica por conta da religião, mas no Brasil isso é considerado crime, então fique atento e lembre-se, todos nós somos iguais independente de qualquer coisa e cada pessoa tem o direito de escolher o que bem entende para sua vida, desde que não interfira de qualquer forma na vida de outras pessoas.

Racismo institucional

O racismo institucional é quando existe uma desigualdade entre as pessoas por conta de cor, raça, sexo entre outras coisas, em muitos lugares ainda existe esse tipo de racismo institucional, principalmente contra as mulheres, não dando o devido respeito a capacidade que elas podem ter a frente de qualquer negócio.

O racismo institucional não é só nas empresas, isso acontece em órgãos públicos governamentais e também em universidades.

Com o tempo isso vem mudando e a desigualdade entre as pessoas diminuindo e isso deve ser erradicado, a questão do racismo institucional vem muito da cultura ultrapassada do nosso povo.