Definição básica de Probabilidade e como calcular

Qual a probabilidade de você ler esse artigo e sair daqui sabendo tudo sobre probabilidade, é de 100%, então se aplique e muito e leia todo esse artigo com atenção, que você com certeza vai saber tudo o que você precisa saber sobre essa parte da matemática que vai fazer parte de toda a nossa vida.

O que é Probabilidade?

Probabilidade

A probabilidade nada mais é que um estudo sobre algo para saber o quanto de chance você tem para conseguir ou não alguma coisa.

Um exemplo de probabilidade são os jogos de futebol, sabendo a quantidade de jogos ganhos, gols marcados, gols sofridos, entre outras coisas que podem interferir no resultado de uma partida, você consegue saber a probabilidade de vitória de qualquer equipe, isso funciona para todo tipo de coisa que se possa fazer uma conta.

Probabilidade no nosso dia a dia

Um efeito maior da teoria da probabilidade no cotidiano está na avaliação de riscos e no comércio nos mercados de matérias-primas. Governos geralmente aplicam métodos de probabilidade na regulação ambiental onde é chamada de “análise de caminho”, e estão frequentemente medindo o bem-estar usando métodos que são estocásticos por natureza, e escolhendo projetos com os quais se comprometer baseados no seu efeito provável na população como um todo, estatisticamente.

Uma aplicação importante da teoria das probabilidades no dia a dia é a questão da confiabilidade. No desenvolvimento de muitos produtos de consumo, tais como automóveis e eletro – eletrônicos, a teoria da confiabilidade é utilizada com o intuito de se reduzir a probabilidade de falha que, por sua vez, está estritamente relacionada à garantia do produto.

Como calcular probabilidade?

Não existe uma forma certa de calcular a probabilidade, o que acontece é que você deve se atentar em todos os eventos e as frequências que isso acontece, pois se você tem uma moeda é fato dizer que você tem chance de 50% de acertar se vai cair cara ou coroa, mas na probabilidade você deve levar em conta várias coisas, como por exemplo a frequência que um dos lados cai. Se você joga uma moeda 10 vezes e leva em conta somente os dois lados da moeda, você deve tirar 5 vezes cara e 5 vezes coroa, mas muito provavelmente isso não deve acontecer.

Tendo o conhecimento da frequência que cai cada lado da moeda, você já pode ter uma probabilidade mais certa de quanto são as chances de cair cada lado, você deve levar em conta também qual a última face tirada da moeda e analisar se existe uma sequência que esse mesmo lado saiu duas ou mais vezes, para assim você ter uma probabilidade ainda maior de estar certo do próximo lado a cair.